tyleroakley
superlockedphan:

heckacentipede:

zombiesandporn:

cathilia-crimson:

checkzeattic:

menthol-drops-and-angel-wings:

levi4thans:

PEOPLE DIED 

102 YEARS AGO
THEY’RE ALL SKELETONS FIGHTING IN THE UNDERWATER SKELETON WAR NOW
CHILL

I’m sure they are very chill right now.

You might even say they’re…ICE COLD.

ALRIGHT ALRIGHT ALRIGHT ALRIGHT ALRIGHT ALRIGHT ALRIGHT ALRIGHT ALRIGHT ALRIGHT ALRIGHT ALRIGHT ALRIGHT ALRIGHT 

This post is a train wreck

are you sure its not a
ship wreck

superlockedphan:

heckacentipede:

zombiesandporn:

cathilia-crimson:

checkzeattic:

menthol-drops-and-angel-wings:

levi4thans:

PEOPLE DIED 

102 YEARS AGO

THEY’RE ALL SKELETONS FIGHTING IN THE UNDERWATER SKELETON WAR NOW

CHILL

I’m sure they are very chill right now.

You might even say they’re…

ICE COLD.

ALRIGHT ALRIGHT ALRIGHT ALRIGHT ALRIGHT ALRIGHT ALRIGHT ALRIGHT ALRIGHT ALRIGHT ALRIGHT ALRIGHT ALRIGHT ALRIGHT 

This post is a train wreck

are you sure its not a
ship wreck
debyloide

Ela não está apaixonada. Ela é de leão com ascendente em Áries. Ouve Caetano Veloso, Nando reis, Beatles e Pink Floyd. Já foi ao cinema sozinha. Tem vontade de pintar o cabelo de roxo, verde ou azul. Bebe cerveja em casa com o pai de vez em quando.

Ela não está apaixonada. Ela confidencia-se apenas para os seus livros. Não deseja moeda de troca. Escreve cartas em segredo e fica imaginando destinatários. Assiste de Fellini a Tarantino e gosta de discutir Frida Kahlo.

Ela não está apaixonada. Ela sorri das vãs tentativas de quem se entrega somente a uma pessoa. Descortina caprichos e vontades que teimem em ultrapassar seus limites. Diz, com um sorriso debochado, que aprendeu a domar os homens. Controla suas emoções como que por controle remoto. Impõe restrições a si mesma, por mais que não saiba explicá-las.

Ela não está apaixonada. Ela recebe ligações na sexta-feira à noite mas não atende todas. Marca um encontro com aquele rapaz de sempre. Vão àquele bar perto da faculdade onde a cerveja é barata e tem música ao vivo. Pedem os mesmos drinques. Sorri das piadas dele. Conta sobre sua vontade de crescer na empresa e conquistar independência financeira. Passa a noite com ele e chega em casa de manhã. Diz aos pais que dormiu na casa da melhor amiga.

Ela não está apaixonada. Ela acorda e olha o celular à espera de alguma mensagem. Recorda da última noite e se sente bem. Marca um chope com as amigas no fim da tarde pra pôr o papo em dia. Gargalha das histórias das amigas. Descreve detalhes da noite passada. Em casa, tranca-se o quarto e fica deitada na cama olhando para o nada. Sorri. Sorri meio sem entender o motivo. Sorri, talvez, teimando em não entender.

Ela não está apaixonada. Ela carrega consigo as feridas de um passado que insistem em não cicatrizar. Traz na bagagem o medo e a incerteza de se entregar a alguém por toda uma vida. Acha ilusão acreditar que nesse mundo exista alguém à sua espera. Chora em casamentos. Suspira quando lê Clarice Lispector. É tão fortaleza quanto brisa. É tão mulher quando quer ser. É tão menina quando não consegue se esconder.

Ela nunca deixou de estar apaixonada.

Brunno Leal (via debyloide)